segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Claro como a água

É simples não fosse a “descontrução” habitual.

Há jogo perigoso claro, o defesa tenta tirar a bola mas o Aimar está na sua zona de acção.

Além disso há lugar a marcação da grande penalidade porque há contacto claro entre os dois jogadores dentro da grande área.

O resto são lérias e hoje já sabemos que apenas passarão o lance no único ângulo onde não se nota muito o contacto mas é na boa, façam a habitual figurinha triste, os três pontos já cá estão.

Escandaloso ou polémico foi a grande penalidade usurpada ao Braga mas isso não interessa, verdade?

6 comentários:

João N disse...

É que é tão óbvio que nem merece mais comentários do que a referência à Lei 12.
http://alminhaspensadoras.blogspot.com/2009/09/o-tall-que-nao-foi-expulso.html

Sobre o penalty de Braga, sobre as duas derrotas consecutivas do fóculporto, sobre o futebol fabuloso da equipa de Paulo Bento não interessa falar. Por isso, vamos transformar um lance limpo em algo duvidoso e pôr o país a acreditar que o Benfica foi beneficiado por Jorge Sousa.

Se não bastasse a inconguência que é juntar Jorge Sousa, o Benfica e um penalty assinalado a nosso favor na mesma frase, talvez alguém acreditasse neles.

Tiago disse...

quero ver depois do penalty do Sporting que resulta de um corte clarissimo com o peito qual será a reacção amanhã dos avençados??

último! disse...

A normal Tiago fazem-se comparações parvas e vão felizes para casa.

Jotas disse...

Confesso que no final da partida, estava convencido que Jorge Sousa, havia cometido um erro grosseiro, com nitída influência no resultado, facto esse motivado, confesso, pela minha ignorância, pois julgava que qualquer acção de jogo perigoso, que foi evidente e consensual nos orgãos de comunicação social, era sempre punível com livre indirecto. Mas hoje de manhã, ao ler o jornal, constatei que estava errado, pelo simples facto de segundo a lei XII (fica aqui a informação para os que anseiam dizer que o Benfica é levado ao colo), diz o seguinte: " O jogo perigoso não implica necessariamente contacto físico entre os jogadores, No caso de contacto físico, a acção passa a ser punida com um pontapé de livre directo ou com pontapé de grande penalidade", logo, o árbitro obedeceu à lei e assinalou bem a grande penalidade.

Mas o que importa destacar é que são vitórias com esta que fazem campeões e esta foi duplamente importante, não só porque o Porto havia perdido, como também pelo facto de na prx semana haver Porto-Sporting, que vai terminar, assim espero, empatado.

Anônimo disse...

e o penaltie do sporting ontem? lol
a par do penaltie que ficou por assinalar contra o FCP em Braga foram os dois erros mais graves da arbitragem neste fim de semana.
o Coroado e o Rosa Santos nao gostam do Benfica e daí a opiniao deles ser adversa.

TACUARA

último! disse...

O Coroado tem um litigio (em tribunal) com o glorioso.

Além do mais, na TVI, bronco como é falou demais (a quente) e afirmou que nos últimos anos tinha jurado a si mesmo que o Benfica nada ganharia e que ficou contente por ter conseguido.

Haviam de ver o ar estufacto do Manhã ao ouvir isto. Foi no dia do nosso jogo contra o Nacional em que o Adriano (na altura no Nacional falhou o golo de penalty mesmo ao cair do pano. (adorava arranjar essas imagens)

Imaginem estas declarações noutro pais?