quarta-feira, 8 de julho de 2009

Já não há pachorra!

A guerra aberta entre os jornais “A Bola” e “Record” fá-los cada vez mais cair no descrédito, como é possível cada um ter uma visão parcial e completamente antagónica de cada notícia, o código deontológico foi às favas há muito tempo mas isso nem os aborrece, felizmente começa a chatear os leitores, que como eu há muito os deixei de comprar.

O descrédito neste momento é total e os supostos roubos de jogadores já nem nos afectam por ai além, afinal conseguimos inflacionar os preços dos mesmos e se noutros lados dão pulos de alegria, por cá nem ligamos, nos benfiquistas não sentia muito entusiasmo com a vinda do tal Falcão mas sabemos de antemão que se for para o Porto será um fenómeno a cada toque de bola para o Record e uma besta para a A Bola... o normal.
Afinal a imprensa continua manipulada por interesses e nem sequer disfarçam... é triste.

Por mim não consigo deixar de pensar que deveríamos interessar-nos por coxos todos os dias e ajudar nas fugas de informação, assim seria uma jogada de mestre. Para o Porto comer e não consigo deixar de pensar que neste caso foi mesmo isso que aconteceu.

Nota: Entretanto os "avençados" continuam a bombar, conforme esperavamos após as eleições eles voltariam à carga, hoje chegámos aos 80 nomes apontados ao Benfica...haja paciência!

10 comentários:

Anônimo disse...

eu acho que nao ha fugas de informaçao. os jornalistas é que sao piores que os paparazzis. andam sempre a cheirar o cu aos dirigentes do Benfica. parece que estao atentos a todas as movimentaçoes dos olheiros e seguem-nos!
O Falcao que vá estourar dinheiro para o FCP... nao é nada de especial.


TACUARA

último! disse...

Tacuara, te garanto que há fugas e que há quem seja pago pelas mesmas

Mas felizmente há negocios que ainda conseguimos fazer em segredo (Saviola e Patric) mas foram negociações directas entre os clubes agora quando mete vários empresários é complicado

Anônimo disse...

Boas...

Atão tens novidades sobre os reforços??sempre chega alguém amanha??

Epa quanto esse falcao é como a merda da cebola so pensam em dinheiro, por isso estao bem para esses merdas...

Éter disse...

podes acrescentar à lista o Denis do napoles e o o Réver do Grémio de Porto Alegre...

último! disse...

Boas anónimo só vou estar com o homem na sexta feira à noite (se não faltar ao jogo) mas mal saiba de algo eu digo


Obrigado Eter mas já lá estão :)

João N disse...

Relativamente aos jornais e ao posicionamento dos mesmos, e sobre a capa de hoje do Record, quem vai ficar a vê-los a passar são eles, mas é aos meus Euros , porque não volto a comprar ou sequer a desfolhar aquela porcaria que fede a pasquim propagandista!
Já mandei um mail a amigos Benfiquistas para que sigam o mesmo comportamento.
Já disse e repito, deviamos dar a estes folhetins a mesma lição de benfiquismo que demos ao Bruno Carvalho!
Nem sequer um click na net nos endereços desses nojentos.
Força BENFICA

Jotas disse...

Nem mais último, mostrava-mos interesse e avançávamos com as negociações quase até ao fim e depois, toma lá FCP.
Mas sinceramente, eu estou-me a cagar para gente dessa, é a sua estirpe mafiosa e sem escrúpulos, quem quiser que se identifique com ela, eu não.
Mas meu caro, para mim, só faz falta quem cá está e fica a saber que o Falcão não é mais nem menos jogador que Farias, tira daí as tuas conclusões.

último! disse...

Também tinha essa ideia, jogador caro para o que produz... por isso cheira-me a truque.

:)

GeracaoBenfica disse...

A culpa agora é do Record.

Nós somos incompetentes a fazer as coisas e a culpa é do Record!?

é sempre mais facil assim, não é?

último! disse...

Claro que não GeracaoBenfica, a culpa não é só do Record pelas fugas de informação mas já nas interpretações que fazem, só eles poderão ser os culpados.

Felizmente esse jogador é banal e creio que não será tão mau perde-lo (veremos).

Agora nem tudo é negativo, não vi essa indignação quando contratámos com classe o Saviola, o Ramires ou o Patric, no primeiro ninguém soube (foi mais fácil pois os dirigentes negociaram entre si), no segundo caso fomos inteligentes em anteciparmo-nos a uma competição que em muito o valorizou, já no terceiro caso contratá-lo antes do termino da época evitou algum problema.

A história do Pereira está mal contada pois aquele preço nunca o contrataríamos, depois da nossa desistência foram lá uns gastar muito dinheiro por uma parte do passe e veremos se não ficará no banco por causa do “dos dentes”.

Nem tudo é mau... deixa-os pousar.

Já no "Record" como no "A Bola" também há muitos erros e foi desses que falei mas entendo que os erros de uns não desculpam os dos outros, não posso é falar de todos. A linha editorial ainda é minha ;)