quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Off-topic Gripe A

O últimos à baliza, anda meio parado depois do regresso de férias, não é por mal mas estas foram as piores férias da minha vida, fui apanhado pela gripe A na Tunísia após dois dias de férias e ainda estou em recuperação (e que recuperação).

Sei que o tema nada tem a ver com o blogue mas vou contar-vos a minha história para desmistificar um pouco a doença e porque foi com um entrevista de uma das primeiras pessoas infectadas que aprendi mais sobre a mesma.

Passado dois dias de águas quentes e muito sol, dois dos sete que seguiam juntos ficaram doentes. Como devem calcular num país destes a última coisa que fazemos é alertar alguém, enfiámo-nos no quarto do hotel e vai de tomar muito paracétamol (convém ser um anti-viral).

Passado cinco dias de febres, dores musculares e muita tosse, já só queria sair dali e ligar para a tal linha saúde. Felizmente chegou o dia, no final quatro das sete pessoas tiveram sintomas e nenhuma delas teve sintomas iguais, eu tive febre durante cinco noites, outra teve apenas três noites, uma teve todos os sintomas gripais como as dores, arrepios e frio mas nem febre chegou a ter e ainda outra que apenas teve a tosse.

Chegado a casa tive 30 minutos à espera (às duas da manhã e acho que tive sorte) e lá fui atendido, pelos sintomas descritos muito provavelmente era gripe A. O mais engraçado é que à outra pessoa que apenas teve 3 dias de febre (embora tivesse tudo o resto) foi-lhe diagnosticada uma gripe sazonal normal mas a recuperação já provou o contrário.

A mim mandaram-me para um novo centro a estrear onde tive a felicidade (ou não) de ser o primeiro cliente e onde os médicos me pareceram mais à nora do que eu, que filme...como já não tinha febre e já tinha passado alguns dias os testes seriam inconclusivos e apesar de considerarem gripe A mandaram-me para casa e garantiram-me que já não transmitiria a ninguém também já não há Tamiflú para ninguém nem para os acompanhantes apesar da minha insistência que tinha uma filha menor. No fundo fiquei com a sensação que neste momento análises e medicação só para quem estiver a morrer, não deve haver capacidade para mais.

Agora já passaram 6 dias desde que tive febres e continuo sem fome, com dores de cabeça constantes (nunca tinha tido na minha vida) e uma vontade de estar deitado sem fazer nada, dizem que é mesmo assim e que a recuperação é um pouco lenta.

Dados a reter, a gripe atinge cada um de nós de maneira distinta. Não deixa de ser uma gripe sazonal benigna um pouco mais forte, que pode ser tratada em casa com paracétamol e infelizmente atingirá os mais fracos como habitualmente, sei que a comunicação social está sedenta de publicar as primeiras vitimas mas não se esqueçam que todos os anos morrem 2500 pessoas devido à gripe sazonal banal e isso será inevitável.

Se tiverem alguma duvida podem escrever para o mail do blogue, obrigado.

7 comentários:

João N disse...

Boa recuperação.

último! disse...

Obrigado, isto vai aos poucos eu só queria era que a dor de cabeça desaparecesse...

Éter disse...

Pelo menos não tiveste vómitos e diarreia como algumas pessoas que eu conheço. Já não foi mau.

Não percebo como é que não te deram medicação preventiva para a tua filha, é inacreditável. Essas mesmas pessoas que eu referi têm uma filha pequena e foi um delegado de saúde lá a casa levar-lhes a medicação.

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=CcgCBiyGljM

último! disse...

Boas Éter,

Houve na familia quem tivesse a diarreia eu não tive, em relação à falta de medicação preventiva terá a ver com a capacidade de resposta do nosso sistema de saúde no ínicio era para todos agora quantos menos melhor. Espero que ela fique bem nunca teve febre mas está com tosse como o pai e muito chorosa só quer colinho... enfim vai tudo correr bem.

Só queria ficar bem é que fazendo as contas apareceram-me os primeiros sintomas no Sabádo dia 15 deixei de ter febre na quinta dia 20 e ainda tenho dores de cabeça alucinantes e vontade de não fazer nenhum isto varia mesmo de pessoa para pessoa.

Já agora estava interessado em saber como foi a recuperação, se souberem de alguém perguntem-lhes sff como foi a recuperação e quanto tempo levou, isso é que me está a preocupar.

Jotas disse...

Meu caro, desejo-te uma boa recuperação e obrigado por partilhares essa importante informação, é que de facto, os sintomas são muito idênticos ao da gripe comum e variam muito de pessoa para pessoa.
Julgo que este teu post, serve também para desmistificar um pouco o medo desta gripe, a qual, provavelmente vai atingir quase todos e julgo que não é um bicho de sete cabeças, aliás a sasonal, mata mais gente em média por ano que esta.

último! disse...

Foi mesmo essa a ideia, por outro lado vejam o link que deixou o anónimo.

Agora mesmo igual às outras a recuperação não é definitivamente identica, finalmente recuperei o apetite mas ainda sinto muita fraqueza mas sinto-me cada dia melhor mas ´já passaram duas semanas