domingo, 27 de setembro de 2009

Hóquei em patins

Como bom benfiquista e embora não escreva muito sobre elas (a corrigir), adoro e vibro com as modalidades do Benfica.

Este fim de semana, defrontámos os corruptos na supertaça e mais uma vez assistimos a uma matança da modalidade, o clube corrupto domina a seu bel prazer a modalidade e não lhe basta ter boa equipa, quando o Benfica tenta equilibrar a luta e aposta na juventude e na base da selecção nacional eles apostam nos árbitros que vergonhosamente continuam sem dar por isso a matar a modalidade que lhes garante algumas coroas.

Não está em questão a qualidade da equipa do Porto mas sempre que a nossa jovem equipa equilibra as forças com querer e qualidade aparece o tal elemento com decisões escandalosas, não vá os jovens crescer demasiado.

Só há uma solução para salvar a modalidade, fazer o mesmo que foi necessário fazer no basket para conseguir tratamento igual, é que ao contrário de outros não queremos ser beneficiados, queremos isso sim justiça e nunca a palhaçada que acontece todos os anos sempre com prejuízo para os mesmos.

Todos sabemos a força do Benfica nesse aspecto e estou convicto que muitos patrocinadores se retirariam o que poderia matar uma modalidade que está claramente moribunda.

Obs.: Para quem não assistiu à partida, o Benfica entrou bem mas o Porto consegue passar para a frente do marcador e chegou a ter uma vantagem de 3 golos, quando o jogo caminhava para o final o Benfica consegue reduzir para um golo de distância, a partir desse momento o arbitro assustou-se com a nossa recuperação e nunca mais apitou nada a nosso favor, bem pelo contrário. Conseguiu dar cartão azul a um jogador benfiquista quando houve um clara falta do Porto daquelas faltas que é impossível não ver e ainda posteriormente expulsar o Caio que pela primeira vez experimentou o outro lado (é castigo). Por mim era certinho preferia ficar uns anos de fora e começar de novo.

2 comentários:

Tiago disse...

apenas tive oportunidade para ver parte do jogo... e por isso não vi o fim mas pelo meio os árbitros sempre foram dando o ar da sua graça.

Vergonhoso foi também os comentários dos jornalistas da TVI24 que até parecia que estavam a comentar um jogo do Porto contra o Porto. É que por mais de uma ocasião, tudo o que acontecia no ringue era atribuído ao Porto. Um contra ataque do Benfica era atribuído ao Porto. Um remate do Benfica era comentado como se fosse do Porto. Mas que cegueira extrema!!! Porque não jogam sozinhos então?? Mas levem os jornalistas...

Jotas disse...

Não li nada sobre o joo, nem o vi, mas já me disseram que foi uma palhaçada