segunda-feira, 8 de março de 2010

A três

Tudo perfeito, excepto Soares Dias a preparar o terreno para o jogo do título.
Eu não vos quero assustar “sistema” mas foi sem Di Maria, Coentrão e outros que ganhámos ao Porto na luz.

Deixem-se de palhaçadas, a diferença de critérios é gritante no aspecto disciplinar que nem parece coincidência, relembro-vos que este árbitro conseguiu oferecer sete amarelos a jogadores benfiquistas num jogo em que demos 6 -0 (salvo erro) contra o Marítimo.

Tirando esses detalhes que nem nos afectam assim tanto, pois as alternativas têm estado sempre à altura, o plantel é muito equilibrado e raramente nota-se qualquer mudança.

O Benfica está a 3 pontos do Braga e acredito que vitórias nos dois próximos jogos garantem praticamente o título. Será complicado e a liga Europa fará mossa, Jesus, melhor que ninguém saberá fazer essa gestão.

Agora, resta-nos saber quem conseguirá excluir para o jogo do título, o Di Maria. Eu aposto no Jorge Sousa no Nacional - Benfica, afinal era demasiado abusivo sê-lo novamente contra o Braga…

5 comentários:

looking4good disse...

Benfica tem mesmo de ganhar estes dois próximos jogos: Nacional e Braga, para podermos ter folga para Sporting e Porto...

Lapeiroman disse...

Só um reparo: o Benfica não está a 3 do Braga. O Braga é que está a 3 do Benfica!

Anônimo disse...

Concordo com tudo, mas é mossa e não moça.

último! disse...

Obrigado é o que dá escrever depois do jogo, já agora é anónimo e não anônimo lol :D

Jotas disse...

Critérios à parte, assistiu-se a mais uma exibição convicente do Benfica, começam a faltar adjectivos para classificar o bom futebol desta equipa, futebol esse, cuja qualidade, lhe dá total mérito e inteira justiça na liderança, a qual, só pode ser questionada por ma fé, ou por alguém com uma tremenda incapacidade de ver e apreciar bom futebol.
Faltam 8 finais e apesar de nada estar ganho, de ainda haver um longo caminho pela frente e muitas dificuldades no relvado e fora dele, seria uma tremenda injustiça, uma equipa que apresenta tamanho nível, não ser o justo campeão.