sábado, 24 de setembro de 2011

Empate saboroso


Agora que a questão dos assobios ao Cardoso está definitivamente resolvida, vamos encher a catedral no próximo jogo?

Ver os Porcos chorarem-se sobre a arbitragem num jogo claramente inclinado para o seu lado mostra o desespero, o Benfica nem jogou muito, na minha opinião também era complicado pois qualquer disputa ou qualquer lance dividido tinha sempre a mesma leitura, bola para os Porcos. O treinador dos portistas está desesperado mas calculo que não ficará por muito tempo. O consultor matrimonial não dorme e não perdoa a quem não ganha mesmo com ajuda.

É impressionante a dualidade de critérios e com requinte, o jogo era empurrado para o mesmo lado nas faltinhas do meio campo, assim não há lances polémicos para queimar, sei que no final da primeira parte havia 16 faltas do Benfica e apenas 3 do Porto e isso mostra muito da actuação do portista.

Destaques: Cardoso, Gaítan (excelente golo), Saviola (é um senhor, tão pouco tempo em campo e logo uma assistência brutal não anda feliz na finalização mas fico envergonhado quando o assobiam, para mim é um privilégio pagar para vê-lo jogar com o manto sagrado assim como ao mago Aimar), destaco também toda a equipa que contra 14 consegue um empate na casa do principal ríval.

Nota: Ver um clássico com 4 golos é sempre um grande clássico, ninguém nos Porcos viu isso? Tal o tamanho da dor!

2 comentários:

Anônimo disse...

Resultado muito, muito bom!
Não entendo como há benfiquistas a comentarem pela blogosfera que o árbitro fez uma boa arbitragem!!
Não influenciou o resultado mas fez o que melhor sabe - condicionar o jogo/jogadores do Benfica!


Carla

David J. Pereira disse...

Boas!

Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Saudosos cumprimentos!